Archive | Maio 2014

“A liberdade religiosa é um direito fundamental”

AIS_Papa_Francisco_29.05.2014

Papa recebido por líderes cristãos e muçulmanos na chegada ao aeroporto internacional Rainha Alia / Muhammad Hamed/Reuters

O papa Francisco apelou em Amã, na Jordânia, para que seja encontrada “com urgência” uma “solução pacífica” para a crise síria e uma “solução justa” no conflito israelo-palestiniano, indispensáveis para uma “paz duradoura” na região.

“Encorajo as autoridades do reino jordano a perseverar os seus esforços para encontrar uma paz duradoura em toda a região. Este grande objetivo necessita de urgência para que seja encontrada uma solução pacífica na crise síria, bem como uma solução justa  no conflito israelo-palestiniano”, afirmou o papa argentino no início da sua primeira visita ao Médio Oriente.

Falando pouco depois de ter chegado a Amã, o líder religioso afirmou que os cristãos devem ser considerados “cidadãos por todo o Médio Oriente”.

“A liberdade religiosa é um direito fundamental e nós esperamos que esta seja tida em consideração em todo o Médio Oriente. Tal [liberdade] inclui a liberdade individual e coletiva de seguir a sua própria consciência em matéria religiosa: ou seja, a liberdade de culto, a liberdade de escolher a religião que cada um acredita ser verdadeira e de expressar publicamente a própria fé”, sublinhou o papa, perante o rei Abdullah II da Jordânia, por quem foi recebido.

Ler mais

Patriarca latino de Jerusalém debate a «situação dos cristãos no Médio Oriente»

D. Fouad Twal

D. Fouad Twal, Patriarca Latino de Jerusalém

O patriarca latino de Jerusalém, D. Fouad Twal, e o patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, participam numa conferência sobre a “Situação dos Cristãos no Médio Oriente” dia 14 de maio, na Universidade Católica Portuguesa (UCP), em Lisboa.

A conferência, promovida pela UCP e pela Ordem de Cavalaria do Santo Sepulcro de Jerusalém (OCSSJ), vai decorrer Edifício da Biblioteca Universitária João Paulo II (2º piso, Sala de Exposições), e começa com uma intervenção da reitora da universidade.

Antes da conferência do patriarca latino de Jerusalém, o lugar tenente da OCSSJ, Gonçalo Figueiredo de Barros, faz a apresentação de D. Fouad Twal, a que se segue uma mesa redonda com intervenções do general Luís Valença Pinto, ex-chefe do Estado Maior-General das Forças Armadas, cónego João Seabra, diretor do Instituto Superior de Direito Canónico, e Aura Miguel, vaticanista e jornalista da Rádio Renascença.

D. Manuel Clemente, patriarca de Lisboa, encerra a conferência, que decorre entre as 9h00 e as 12h00 do dia 14 de maio, por ocasião da presença em Portugal do patriarca latino de Jerusalém para presidir à Peregrinação Internacional de 12 e 13 Maio ao Santuário de Fátima.

(Ecclesia)

%d bloggers like this: