Defesa da liberdade religiosa

O Vaticano convidou os católicos e hindus de todo o mundo a um esforço conjunto para “promover a liberdade religiosa”, numa mensagem hoje divulgada pela sala de imprensa da Santa Sé.

No documento, que assinala a festa do Diwali (Deepavali ou Deepawali), o presidente do Conselho Pontifício para o Diálogo Inter-religioso (CPDIR) justifica a escolha do tema para 2011 pelo facto de a liberdade religiosa “estar a tomar o lugar central em muitos sítios”, chamando a atenção para as pessoas atingidas pelo “preconceito, propaganda de ódio, discriminação e perseguição” por causa da sua fé.

“A liberdade religiosa é a resposta para conflitos motivados pela religião em muitas partes do mundo. No meio da violência detonada por esses conflitos, muitas pessoas anseiam por uma coexistência pacífica e um desenvolvimento humano integral”, refere o cardeal Jean-Louis Tauran.

Para este responsável da Santa Sé, a liberdade religiosa faz parte dos “direitos humanos fundamentais” enraizados na “dignidade da pessoa”, o que inclui “imunidade à coerção por parte de qualquer indivíduo, grupo, comunidade ou instituição”, bem como a liberdade para “mudar a própria religião”.

A mensagem apela à intervenção das “autoridades civis” nesta matéria, para que cada pessoa possa “professar, praticar e propagar a sua religião ou crença, em público ou privado”.

O cardeal francês aponta vários campos de cooperação possíveis entre católicos e hindus, como a “defesa da vida”, a “preservação dos recursos naturais” ou a “educação das crianças”, propondo um apelo conjunto aos “líderes das nações para que nunca menosprezem a dimensão religiosa da pessoa”.

A mensagem do CPDIR refere ainda que no próximo dia 27, Bento XVI vai reunir-se com “muitos líderes religiosos” internacionais na cidade italiana de Assis, no 25.º aniversário do Dia Mundial de Oração convocado pelo então Papa João Paulo II, para “fazer das religiões canais de paz e harmonia”.

O Diwali, celebração anual conhecida também como o festival das luzes, simboliza a destruição das forças do mal e em 2011 é celebrado a 26 de outubro pela maioria dos hindus.

Fonte: Ecclesia (OC)

Anúncios

Etiquetas:

About Fundacao AIS

Organização internacional católica, dependente da Santa Sé, cuja missão é ajudar os cristãos perseguidos por causa da sua fé. Procura estar atenta às várias situações de necessidade destes cristãos, particularmente a falta de liberdade religiosa. Para isso, publica periodicamente um Observatório sobre a Liberdade Religiosa no Mundo www.fundacao-ais.pt/

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: