Pequim prepara ordenação ilegítima de bispo

Pequim está a preparar a ordenação ilegítima – não aprovada por Roma – de um bispo “oficial” para a diocese de Wuhan, informou nesta quarta-feira Eglises d’Asie, a agência das missões estrangeiras de Paris.

O Pe. Joseph Shen Guo’an seria ordenado bispo “oficial” de Wuhan, na província de Hubei, no próximo dia 9 de junho, segundo fontes eclesiais chinesas citadas pela agência Ucanews.

Claramente promovida pelas autoridades chinesas, esta ordenação cria problemas na medida em que a assunção do Pe. Shen ao episcopado não foi aprovada pela Santa Sé.

Se esta cerimônia for celebrada, o Pe. Shen se tornará o segundo bispo ilegítimo – por não estar reconhecido pelo Papa – a ser ordenado na China desde a ordenação do bispo de Chengde, em 20 de novembro de 2010.

Após a ordenação ilegítima do bispo de Chengde, a Santa Sé respondeu afirmando que o Papa lamentava profundamente pelo fato.

A ordenação constituía uma “ferida dolorosa” feita à comunhão da Igreja e uma “violação grave da disciplina católica”.

Com relação às pressões exercidas sobre os bispos que haviam participado da cerimônia de ordenação, a Santa Sé falou de “violação grave da liberdade religiosa e da liberdade de consciência”.

Mais de seis messe depois, Roma continua estudando as circunstâncias exatas da ordenação do bispo de Chengde e por enquanto não impôs sanções canônicas.

Pode-se pensar que, se for levada a cabo a ordenação do Pe. Shen, a Santa Sé estudará de perto a cerimônia e seu contexto, e sua reação pública será forte.

No último dia 18 de maio, o Papa apelou aos cristãos do mundo inteiro para que rezassem pela Igreja na China. “Com a oração, podemos obter para a Igreja na China que seja una, santa e católica, fiel e firme na doutrina e na disciplina eclesial”, afirmou o Pontífice.

Também invocou Nossa Senhora, pedindo-lhe que “ilumine os que estão na dúvida, chame os extraviados, console os aflitos, reforce os que são presos pelos cantos de sereia do oportunismo”.

(fonte ZENIT.org)

Anúncios

About Fundacao AIS

Organização internacional católica, dependente da Santa Sé, cuja missão é ajudar os cristãos perseguidos por causa da sua fé. Procura estar atenta às várias situações de necessidade destes cristãos, particularmente a falta de liberdade religiosa. Para isso, publica periodicamente um Observatório sobre a Liberdade Religiosa no Mundo www.fundacao-ais.pt/

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: