Acusações falsas contra os cristãos: pretexto para os massacres de Orissa e Karnataka

A polícia indiana provou, sem sobra de dúvidas, que eram falsas as acusações contra cristãos; eram apenas um pretexto para a maciça agressão que provocou os massacres nos estados de Orissa e Karnataka em 2008.

Por isso, os cristãos indianos pedem que “movimentos como o Vishwa Hindu Parishad (VHP), responsáveis pelas violências, se desculpem publicamente e sejam estreitamente controlados pelas forças da ordem para prevenir novos ataques”.

Foi finalmente revelado, explica a organização ecumênica “Global Council of Indian Christians” à Fides, o perverso mecanismo que está na raiz da violência anticristã: difundir falsas acusações para desencadear a violência.

No caso dos massacres de Orissa, os fiéis foram injustamente acusados de matar o líder extremista hindu (pertencente ao VHP) Laxmanananda Saraswati. Assim começou a violência anticristã de massa, que levou ao homicídio de mais de 100 fiéis e ao saque de casas e igrejas cristãs. Hoje, porém, a polícia afirma ter recolhido provas certas do fato de que os responsáveis seria o líder maoísta Sabyasachi Panda e seis cúmplices. Portanto, as acusações serviram apenas para acender a centelha de uma ação planejada, com matriz de “faxina étnica”.
Também a perseguição em Karnataka, no mesmo ano, foi motivada pelos mesmos sentimentos anticristãos, fomentados por falsas acusações. Hoje, nota o GCIC, existe o risco de que os culpados permaneçam impunes, como está acontecendo com os dois homens que violentaram irmã Meena Behra, a religiosa católica violentada em Kandhamal (Orissa), que foram libertadas sob caução. “os cristãos perderam a confiança nas forças de polícia locais que se revelaram cúmplices dos agressores, assistindo à violência sem intervir” – nota o GCIC, pedindo que o processo aos dois responsáveis seja transferido para fora de Orissa, a uma Corte que possa garantir realmente a imparcialidade.

(fonte: Agência Fides)

Anúncios

About Fundacao AIS

Organização internacional católica, dependente da Santa Sé, cuja missão é ajudar os cristãos perseguidos por causa da sua fé. Procura estar atenta às várias situações de necessidade destes cristãos, particularmente a falta de liberdade religiosa. Para isso, publica periodicamente um Observatório sobre a Liberdade Religiosa no Mundo www.fundacao-ais.pt/

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: