Comunidade internacional deve combater discriminação contra cristãos

O Secretário de Estado Vaticano, Cardeal Tarcísio Bertone, destacou a importância da liberdade religiosa, falando na Cimeira de Chefes de Estado e de Governo dos 56 países-membros da Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (OSCE).

“A Santa Sé não deixa de reiterar que o objectivo comum dos Estados deveria ser a protecção do respeito à dignidade humana que une toda a família humana, uma unidade radical nos quatro principais fundamentos da centralidade da pessoa humana, da solidariedade, da subsidiariedade, e do bem comum”, ressaltou o cardeal italiano

O encontro decorre em Astana, Cazaquistão, entre 1 e 2 de Dezembro.

Para o Secretário de Estado do Vaticano, entre os direitos fundamentais do ser humano está a “liberdade religiosa”.

“Os desenvolvimentos destes últimos anos e os progressos feitos na elaboração de diversos textos emanados pela OSCE demonstram, cada vez mais claramente, que a liberdade religiosa pode existir em diferentes sistemas sociais”, afirmou.

Segundo o cardeal Bertone, a liberdade religiosa tem sido negada, em países onde impera a intolerância e a discriminação, causada por motivos religiosos, em especial contra os cristãos.

“Está amplamente documentado que os cristãos são o grupo mais perseguido e discriminado. Mais de 200 milhões, pertencentes a convicções diversas, encontram-se em situações de dificuldade por causa de instrumentos legais e culturais”, indicou.

Outro tema abordado pelo representante da Santa Sé foi o tráfico de seres humanos, que apresentou como um forma moderna de escravidão.

“Para prevenir o tráfico de seres humanos, todos os dias se recorda que é preciso uma política de imigração mais severa, para maior controlo nas fronteiras e para a luta contra o crime organizado”, enfatizou.

O Secretário de Estado do Vaticano destacou ainda que as iniciativas de combate ao tráfico humano devem oferecer meios concretos para acabar com o ciclo “pobreza-abuso-exploração”.

Anúncios

About Fundacao AIS

Organização internacional católica, dependente da Santa Sé, cuja missão é ajudar os cristãos perseguidos por causa da sua fé. Procura estar atenta às várias situações de necessidade destes cristãos, particularmente a falta de liberdade religiosa. Para isso, publica periodicamente um Observatório sobre a Liberdade Religiosa no Mundo www.fundacao-ais.pt/

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: